o vinte de setembro

Em 20 de setembro de 1870, as tropas italianas invadiram Roma, após um breve cerco, a partir duma brecha nas Muralhas Aurelianas aberta entre a Porta Pia e a Porta Salaria.
Roma se juntou então à Itália, da qual em 3 de fevereiro de 1871 se tornou a capital, e o poder temporal da Igreja Católica, que durou séculos, terminou.
O papa se refugiou dentro dos
muros do Vaticano, no que algumas décadas depois se tornaria o estado da Cidade do Vaticano.
A data de 20 de setembro é lembrada por importantes ruas e praças em todas as cidades italianas e até o Tratado de Latrão de 1929 era feriado, Dia da Libertação da capital e unificação nacional.
Em 20 de setembro de 1970, foi solenemente comemorado o primeiro centenário da brecha da Porta Pia, com cerimônia oficial e bandas militares, em particular a dos
Bersaglieri, o corpo militar que em 1870 foi decisivo para a conquista de Roma.

Hoje há uma tendência a comemorar este dia de forma atenuada, e sem enfatizar que se a Itália ganhou significa que o estado absolutista da Igreja perdeu.
Em 2020, o 150º aniversário foi comemorado de forma muito modesta, talvez por culpa do Covid. Mas em 2005 e 2007 os bicentenários do nascimento de
Giuseppe Mazzini e Giuseppe Garibaldi passaram quase despercebidos, ainda que fossem dois dos pais da pátria.
Talvez a culpa deles fosse o fato de serem anticlericais.
Para o dia 20 de setembro: apenas associações de livre pensamento o comemoram com cerimônias em frente ao
monumento construído no local onde a brecha foi aberta.
Melhor que nada.

Me desculpo por qualquer falha na tradução portuguesa:
se você deseja comunicar comígo para correções e/ou comentários,
escreva-me

página criada em: 12 de novembro de 2022 e modificada pela última vez em: 12 de novembro de 2022