Com boa saúde
(desde o boletim informativo de Consumer Health Digest. Tradução: Andrea Gaddini)

religiões

Christian Science é em declínio. (#09-51 - 17 de dezembro de 2009)
A participação e a filiação à igreja de Christian Science estão constantemente diminuindo desde muitos anos.
** Entre 1971 e 2009 o número de médicos e professores nos E.U. enumerados no Christian Science Journal baixou de uns 5.000 a uns 1.160.
** O número de igrejas baixou de uns 1.800 a uns 900.
** O número atual de “enfermeiras” de Christian Science nos Estados Unidos é apenas de 20.
** Os assinantes do Christian Science Sentinel baixaram de uns 175.000 em 1988 a 24.130 em 2009.
** A igreja não divulga quantos membros tem, mas os dados actuais das assinaturas sugerem que hajam menos de 50.000 membros no mundo inteiro.
Christian Science afirma que a doença é uma ilusão causada por creencias equivocadas, e que a oração cura substituindo os pensamentos maus com pensamentos bons. Os médicos de Christian Science trabalham procurando expulsar os pensamentos doentes do espírito do paciente. As consultas podem ocorrer pessoalmente, pelo telefone, ou mesmo pelo correio.
As pessoas podem igualmente ser capazes de alcançar sós as credências correctas por meio da oração ou da concentração. O constante declínio das filiações não é surpreendente porque as doutrinas da igreja têm escassa atracção pela juventude moderna. [Barrett S. The origin and current status of Christian Science. Quackwatch, Dec 18, 2009] http://www.quackwatch.org/01QuackeryRelatedTopics/cs2.html.
Os esforços da igreja para incluir a cobertura dos serviços dos médicos entre as contas reembolsadas nos projectos de lei de reforma da saúde pública foram infrutuosos até agora, mais as pressões para conseguir a inclusão continuam.

Falecimentos no programa Narconon estão sob investigação. (#12-29, 23 de agosto de 2012)
O Xerife do Condado de Pittsburgh (Oklahoma) e o Centro de Saúde Mental e abuso de substâncias do Estado estão investigando sobre quatro falecimentos que ocorreram no centro Narconon Arrowhead no Oklahoma oriental. Narconon, que é o programa de reabilitação contra o vício em drogas da Igreja de Cientologia, inclui sessões de sauna e tratamentos com e altas doses de niacina que alega-se liberariam os resíduos de drogas nos tecidos adiposos. O Tampa Bay Times reporta que em 2010 haviam 53 centros Narconon em todo o mundo. [Childs J, Tobin TC. Deaths at Scientology drug treatment program Narconon bring investigation. Tampa Bay Times, Aug 16, 2012] http://www.tampabay.com/news/scientology/deaths-at-scientology-drug-treatment-program-narconon-bring-investigation/1246054

Confirmaram a condenação por um falecimento causado por cura pela fé. (#13-26 - 4 julho 2013)
A Suprema Corte de Wisconsin confirmou as condenações de Dale e Leilani Neumann e sentenciou que a defesa dos dois religiosos de Wisconsin da acusação de abuso infantil não impedir uma acusação de homicídio. Ambos foram condenados por homicídio causado por imprudência deliberada e mais tarde foram sentenciados a 30 dias na cadeia por ano por seis anos e dez anos de liberdade condicional. No curso de seus julgamentos testemunhas indicaram que sua filha de 11 anos Madeline morreu de diabetes não diagnosticada, porque em vez de procurar ajuda médica, eles rezaram na sua cabeceira, mesmo depois que ela tinha caído em coma. O texto integral do veredicto da corte de apelação foi publicado no site de Casewatch (ligação).

A igreja da Christian Science sigue siendo en decadencia (#16-09 13 março 2016)
Os dados da lista telefônica em linha da igreja da Christian Science sugerem que a afiliação à igreja ainda está constantemente diminuindo
. [Barrett S. Christian Science statistics: Practitioners, teachers, nurses, and churches in the United States. Quackwatch, March 13, 2016]. Desde 1971, o número de médicos e professores baixou de 4.965 a 942, com uma redução ao redor de 5% por ano, e o número de igrejas baixou de 1.829 a 778, com uma redução ao redor de 2% por ano. Christian Science afirma que a doença é uma ilusão causada por creencias equivocadas, e que a oração cura substituindo os pensamentos maus com pensamentos bons. Os médicos de Christian Science trabalham procurando expulsar os pensamentos doentes do espírito do paciente. As consultas podem ocorrer pessoalmente, pelo telefone, ou mesmo pelo correio. As pessoas podem igualmente ser capazes de alcançar sós as credências correctas por meio da oração ou da concentração. Não há nenhuma evidência científica de que os métodos da Christian Science influenciar o curso de qualquer doença. O constante declínio das filiações não é surpreendente porque as doutrinas da igreja têm escassa atracção pela juventude moderna.

Slate esmaga uma clínica para tratamentos baseadas na fé (#16-20 - 29 mayo 2016)
Slate publicou uma reportagem detalhada apresentando entrevistas de mulheres tratadas numa clínica gerida pelos Mercy Ministries (Ministros da Misericórdia). O artigo afirma que (a) a empresa não requere a seus conselheiros ser licenciados, (b) seus conselheiros não estão autorizados a fornecer psicoterapia, e (c) muitas ex-pacientes relatam que os membros da equipe gritavam aos demônios deixar seu corpo [Miller M. The Mercy Girls: These young women enrolled in an influential Christian counseling center for help. That's not what they found. Slate, April 24, 2016]. Em 2008, o Sydney Morning Herald publicou una reportagem similar [Pollard R. They sought help, but got exorcism and the Bible. Sydney Morning Herald, March 17, 2008]. As clínicas australianas foram fechadas em 2009 [Pollard P. Mercy Ministries home to close. Sydney Morning Herald, Oct 29, 2009]. Pouco tempo depois, a Australian Competition and Consumer Commission (Comissão Australiana de Concorrência e do Consumidor) anunciou:
- ter obtido compromissos pela parte de sete ex-diretores de Mercy Ministries Incorporated e/ou Mercy Ministries Limited relacionados com a representação enganadora dessas entidades. Os compromissos incluem um pedido de desculpas e o pagamento de 1.050 dólares australianos por cada uma das ex-pacientes afectadas pelos comportamentos.
- Entre janeiro de 2005 e junho de 2008, os Mercy Ministries alegaram falsamente em folhetos e em seu site web, que seus serviços foram fornecidos gratuitamente, mas a muitas doentes pediu-se ceder seus pagamentos governamentais de Centrelink aos Mercy Ministries pela duração da sua estadia.
- Mercy Ministries alegou falsamente oferecer o apoio profissional de psicólogos, nutricionistas, clínicos gerais, assistentes sociais e conselheiros, apesar de não empregar esta gama de profissionais [Undertakings remedy Mercy Ministries misleading conduct. ACCC press release, Dec 16, 2009].
Outra reportagem crítica foi publicada em 2012 [Kerr L. The dark side of Mercy Ministries. Rewire, Feb 21, 2012].

A União Americana pelas Liberdades Civis esmaga as políticas restritivas dos hospitais católicos (#16-41 - 6 novembro 2016)
A União Americana pelas Liberdades Civis (American Civil Liberties Union - ACLU) publicou um relatório muito quente sobre mulheres que foram gravemente prejudicadas pela negação de cuidados médicos necessários em hospitais que aderem às diretivas emitidas pela Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos. O relatório afirma:
- As diretivas proíbem uma série de serviços de saúde reprodutiva, incluindo contracepção, esterilização, muitos tratamentos de infertilidade e aborto, mesmo quando a saúde ou a vida da mulher é comprometida por uma gravidez.
- Centenas de hospitais aderem em parte ou integralmente a essas diretivas.
- Muitos destes hospitais proíbem a seus médicos de realizar aborto ou esterilização, mesmo quando esta negação de cuidados coloca uma paciente em grave risco.
- Alguns estados têm leis que protegem os médicos que seguem as diretivas contra as responsabilidades que de outra forma seriam consideradas negligência.
- Como as leis e regulamentações federais exigem que todos os hospitais proporcionem assistência médica de emergência, os centros de seguros de saúde Medicare e os serviços de seguros de saúde Medicaid devem sistematicamente aplicar esses regulamentos aos hospitais católicos.
O site web da ACLU publica informações adicionais e uma cópia completa do relatório.

Criticaram a divisão de "liberdade religiosa" do Departamento de Saúde (#18-03 - 21 janeiro 2018)
O Center for Inquiry (CFI) se opôs à criação pendente duma "Divisão de Consciência e Liberdade Religiosa" dentro do Escritório de Direitos Civis (OCR) do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos. O CFI afirma que a divisão coloca o dogma religioso acima dos cuidados de saúde baseados em evidências e compaixão. O CFI afirma:
Esta nova divisão dentro do OCR será encarregada de afirmar um privilégio religioso para os prestadores de cuidados de saúde cujas crenças conflitem com certas áreas de cuidados ou procedimentos específicos, incluindo mas não se limitando a abortos e cirurgia de redesignação sexual. O Center for Inquiry afirma que a administração Trump criou esta divisão para atacar, em vez de defender, os direitos civis.
O Center for Inquiry acha que a Administração Trump deve: (a) proteger o direito ao aborto, (b) proteger as vidas de mulheres com gravidez de risco de vida de serem rejeitadas por hospitais da igreja, (c) garantir que aqueles que procuram controle de natalidade não sejam rejeitados por farmacêuticos religiosos, e (d) assegurar que todos os empregadores sigam a autoridade da Lei de Cuidados Acessíveis (Affordable Care Act) para fornecer serviços contraceptivos sem co-pagamento [HHS 'Religious Freedom' division robs Americans of their right to safe and secular health care. CFI press release, Jan 18, 2018]
Os Grupos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros) criticaram a divisão por ser uma ferramenta para permitir a negação discriminatória de serviços médicos [Johnson C. New HHS division slammed as tool for anti-LGBT discrimination. Washington Blade, Jan 18, 2018].

O Center for Inquiry opõe-se à discriminação contra pacientes baseada na religiãon (#18-15 - 15 abril 2018)
O Center for Inquiry instou o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA a retirar uma proposta de lei estendendo a capacidade dos provedores de assistência médica afiliados a uma religião de recusarem "qualquer serviço ou atividade lícita de saúde com base em crenças religiosas ou convicções morais" [Protecting statutory conscience rights in health care. Center for Inquiry, 2018]. O Center for Inquiry está particularmente preocupado com:
- solapamento dos requisitos do Título X sobre os programas financiados pelo governo federal pelos provedores oferecendo opções não-diretivas na gravidez, terapia e encaminhamento, sob requisição para todas as opções, inclusive a interrupção da gravidez;
- mulheres sofrendo com complicações na gravidez, sendo negado o acesso à supervisão de abortos espontâneos e aos serviços de esterilização;
- discriminação médica contra membros da comunidade LGBTQ;
- pacientes rejeitados de hospitais administrados pela igreja sem serem informados de onde pudessem receber a assistência de que precisavam
[HHS must reject rule granting religious license to discriminate against patients. CFI press release, March 27, 2018].

Preso um "licenciado em Medicina Pastoral" (#19-26 - 30 junho 2019)
O Martin Riding foi acusado de 32 crimes e 32 contravenções para praticar uma profissão sem ter uma licença apropriada. O Riding fez negócios como ReNew For Life, que oferecia "serviços de saúde alternativos e holísticos" em Radford, Virgínia. Riding anunciava ser licenciado pela Pastoral Medical Association (PMA). A PMA afirma em seu site web que "a regulamentação dos conceitos de assistência médica do Todo Poderoso está fora da jurisdição dos (...) conselhos reguladores seculares". De qualquier maneira, medidas disciplinares contra "licenciados" da PMA tiveram êxito em vários estados [Barrett S. Some Notes on the Pastoral Medical Association and other "Private Membership Associations." Credential Watch, June 24, 2019]. O site e a página do Facebook de Riding ReNew For Life não são mais publicados, mas o site da PMA tem uma ligação a um banco de dados onde a página de perfil da Riding (agora inativada) declarava que seus serviços incluíam: balanceamento alcalino / pH, terapia floral de Bach, coaching nutricional contra o câncer, terapia com óleos essenciais, terapia Raindrop, scan biométrico de Zyto, exames termográficos, e ventosaterapia. O acto de acusação não contém detalhes sobre o suposto delito de Riding, mas um jornal local informou que os pedidos de mandato de busca e entrevistas indicam que ele tinha câmeras localizadas nas salas de exames onde as mulheres tenham que despir-se e tiravam-lhes fotos sem o seu consentimento [Gangloff M. Radford alternative medicine therapist charged with 64 counts of practicing without a license. The Roanoke Times, June 17, 2019].

A versão original dos textos do boletim informativo está na página inglês. Por sugestões ou críticas sobre a tradução podem escrever-me.
Para consutar o arquivo completo do boletim informativo liguem-se à página web:
https://www.ncahf.org/digest19/index.html.
Para receber gratuitamente o boletim informativo de Consumer Health Digest (em inglês) é suficiente ligar-se à página web:
https://www.ncahf.org/digest/chd.html.

Legenda: FDA: Food and Drug Administration, Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos http://www.fda.gov/
FTC: Federal Trade Commission, Commissão Federal de Comércio dos Estados Unidos http://www.ftc.gov/ em espanhol: http://www.ftc.gov/index_es.shtml
AMA: American Medical Association http://www.ama-assn.org/ama

vá ao índice de "com boa saude"

Boa saúde a todos (à exceção dos charlatães que fazem dinheiro na saúde dos outros).

Me desculpo por qualquer falha na tradução portuguesa:
se você deseja comunicar comígo para correções e/ou comentários,
escreva-me

página criada em: 27 de agosto de 2011 e modificada pela última vezem: 14 de julho de 2019